Livro O Fim do Começo

“O Fim do começo – A história de um compromisso levado às últimas consequências” é um livro que, sinceramente, me faltam palavras para descrevê-lo, mas que neste post, vou tentar. Já li muitos, mas muitos livros, desde criança, aprofundando-me na adolescência e chegando à juventude com, quem sabe, um recorde de quantidade para alguns jovens, de todos os tipos e de alguns gostos, mas nunca vi um livro de ficção, se é que pode ser enquadrado dessa forma, tão profundo, tão pessoal, tão marcante, tão influente, tão real e tão incrível como este.
Identifiquei-me profundamente com cada personagem e a cada capítulo lido, mais tive vontade de ler. E, ao final pude reafirmar certezas que há muitos anos tenho tido: O amor de Deus por mim, e a necessidade que tenho de conhecê-Lo cada vez mais, ao passo do dever de transmiti-Lo às pessoas ao meu redor. Talvez nem tenha sido essa a intenção da autora ao escrever, mas foi o que causou em mim, ao passo em que lágrimas me foram arrancadas na conclusão de sua leitura. Ao ler este livro tenho certeza que cada leitor tomará decisões nas quais suas consequências ecoarão para o resto de sua vida ou pela eternidade.
Acredito que não deverei descrever sobre o livro, contando detalhes sobre seus relatos, visto que assim tirarei a oportunidade de o leitor se surpreender ao folhear cada página maravilhosa, assim sendo me limitarei a dizer que vale a pena transformar esse livro em um longa-metragem ou até numa minissérie de tão bom, e tão importante que ele é para todo mundo. Aliás, o indicaria até a qualquer público e para todos os gostos.
Certamente para tanto, Deus abençoou à Jornalista, Pedagoga e Mestre em Tecnologias Educacionais, Carolina Costa Cavalcanti, autora do livro e, não me restam dúvidas de que, se ela continuar se entregando nas mãos dEle, coisas grandiosas ela ainda mais fará. Meus parabéns e já espero suas próximas obras!
É isso, leiam-no, adquirindo na Casa Publicadora Brasileira ou, certamente, nas melhores livrarias, e você se surpreenderá com esta maravilhosa obra.
Na Contramão