O Poder da Esperança no WhatsApp e Telegram


A partir deste sábado, 26 de maio de 2018, o projeto WhatsApp #NaContramão estará compartilhando diariamente o valioso audiolivro O Poder da Esperança, dos autores e Dr. Julian Melgosa e do jornalista Michelson Borges.

Sobre o livro

Praticar exercícios físicos e ter uma dieta balanceada são hábitos que trazem bem-estar e melhoram a saúde, como sabemos. Ainda assim, estamos sujeitos a doenças que podem afetar qualquer parte do corpo. Mas o que fazer quando a doença não pode ser localizada? Como agir quando o sofrimento e a angústia estão lá dentro, causando feridas invisíveis e profundas?

Quem não sofre com traumas e perdas irreparáveis? Quem nunca se sentiu esmagado pelo estresse? Quem nunca carregou o terrível peso da culpa ou lutou contra as amarras dos vícios? Quem nunca perdeu noites de sono por causa de uma ansiedade inexplicável? Esses são problemas cada vez mais comuns neste mundo agitado, exigente e confuso. Pessoas sob tensão emocional prolongada sofrem danos à saúde, tornandose pouco a pouco disfuncionais tanto nos relacionamentos quanto no trabalho.

Se você é uma dessas pessoas ou conhece alguém que vive assim, este livro pode ser o primeiro passo no caminho para uma vida de paz, restauração e cura uma existência plena de sentido.

Para receber em seu WhatsApp basta enviar uma mensagem para 8288459474 solicitando mensagens de esperança diárias, e adicionar esse número em seus contatos.

Você também poderá receber por meio do Telegram acessando o canal @NaContramao.

Faça como dezenas de milhares de pessoas que já recebendo as mensagens de esperança e participe dessa incrível iniciativa!

Filme Libertos - O preço da vida


Libertos - O Preço da vida é um longa-metragem (com cerca de 1 hora e 25 minutos) produzido pela Seven Filmes para a Igreja Adventista do Sétimo Dia, e trata-se de uma trama ambientada na região amazônica sobre tráfico humano.

O filme traça um paralelo com o ministério de Jesus Cristo retratado na Bíblia, e tende a levar o espectador a uma reflexão sobre o conceito de liberdade.

Ele apresenta seres humanos que são negociados como mercadorias. Nesse contexto, Emanuel, um médico voluntário, (vivido pelo ator André Ramiro, de Tropa de Elite), tem como missão pessoal atender a população ribeirinha e tribos da Amazônia.  Ele, no entanto, torna-se uma potencial ameaça para a quadrilha especializada em tráfico humano.

Assista-o a seguir ou faça o download para compartilhar com outras pessoas, e desfrute dessa riquíssima produção.




Em Busca de Esperança no WhatsApp e Telegram


No mês de setembro, o projeto WhatsApp #NaContramão estará compartilhando diariamente o fantástico audiolivro História da Redenção, da escritora norte-americana Ellen G. White.
O pequeno audiolivro pode parecer comum, mas não é. Ele abrirá seus olhos para um mundo que talvez você nunca tenha acreditado que existisse. Despertará sua consciência para questões sobre as quais talvez você ainda não tenha pensado o suficiente. Então você perceberá que a guerra entre o bem e o mal é muito mais ampla do que se imagina e que o campo de batalha é você – sua mente, sua vida, suas decisões e seu destino eterno!
Este exemplar é uma seleção de capítulos e uma adaptação da obra História da Redenção, de Ellen G. White. Nela, a autora apresenta um panorama do grande conflito entre Deus e os poderes das trevas e os resultados
desse combate em nosso planeta. Ela narra de modo envolvente as principais intervenções divinas na história e descreve com detalhes impressionantes o plano do Criador para resgatar o ser humano de sua evidente degradação. Nos capítulos deste audiolivro, você encontrará esperança e entenderá que, nesta guerra cósmica, já existe um vencedor. Conheça melhor essa história, pois você faz parte dela.

Para receber em seu WhatsApp basta enviar uma mensagem para 8288459474 solicitando suas mensagens de esperança diárias, e adicionar esse número em seus contatos. Você também pode receber por meio do Telegram acessando o canal @NaContramao.
Faça como milhares de pessoas já estão fazendo e participe dessa incrível iniciativa!

História da Redenção no WhatsApp e Telegram


A partir de hoje, o projeto WhatsApp #NaContramão estará compartilhando diariamente o deslumbrante audiolivro História da Redenção, da escritora norte-americana Ellen G. White.
Para receber em seu WhatsApp basta enviar uma mensagem para 8288459474 solicitando suas mensagens de esperança diárias, e adicionar esse número em seus contatos. Você também pode receber por meio do Telegram acessando o canal @NaContramao.
Faça como milhares de pessoas já estão fazendo e participe dessa incrível iniciativa!

Filme O Resgate


Quando Adan (Maurício Pitanga) e sua noiva Joana (Daniela Paschoal) decidem subir a montanha, querem apenas viver uma grande aventura. Depois de uma inesperada tempestade, o sonho se transforma em pesadelo. Miguel (Leonardo Goulart), um experiente escalador e irmão mais velho de Adan, tenta resgatá-los antes que seja tarde demais.

Assista aqui esse filme de 55 min de pura emoção que trata de amor, sacrifício, salvação e que nos faz refletir sobre a razão do que conhecemos como Semana Santa.


Faça o download do filme clicando abaixo.

http://downloads.adventistas.org/pt/iasd-counter-link/MjkxODY%3D

O Desejado de Todas as Nações no WhatsApp e Telegram



A partir de hoje, o projeto WhatsApp #NaContramão estará compartilhando diariamente o maravilhoso audiolivro O Desejado de Todas as Nações, da escritora norte-americana Ellen G. White.

Para receber em seu WhatsApp basta enviar uma mensagem para 8288459474 solicitando suas mensagens de esperança diárias, e adicionar esse número em seus contatos. Você também pode receber por meio do Telegram acessando o canal tlgrm.me/NaContramao.

Faça como milhares de pessoas já estão fazendo e participe dessa incrível iniciativa!

Há templos e templos

Há templo e templos. Seriam eles a "casa de Deus"?
É comum, em nossos dias, o mundo religioso achar que alguns termos que aparecem na Bíblia têm o mesmo significado e a mesma função de expressões usadas hoje, só porque são palavras semelhantes ou iguais.
Entre vários exemplos, temos: "Pastores" na Bíblia são bem diferentes de "pastores" de nossos dias. "Igreja" na Bíblia refere-se a algo bem diferente da "igreja" de nossos dias.
É o mesmo caso para a expressão "templo" ou "casa de Deus" usada direta ou indiretamente na Bíblia, que é bem diferente da mesma expressão usada hoje em dia.
A Bíblia explica a partir do homem (Davi) que desejou construir um templo para Deus, e do homem que de fato o construiu (Salomão). E mostra o contraste do que o homem queria que o templo fosse e do que de fato o templo era para Deus.
O desejo do homem:
“eu construí um templo majestoso, um lugar para a tua habitação [de Deus] perpétua”. (2 Crônicas 6:1)
A realidade, conforme Deus:
“um templo em honra do meu nome, [...]
um templo em minha homenagem!” (vs.5,10)
“O Eterno disse que habitaria numa nuvem” (vs.2)
pois,
“será que Deus viria morar perto de nós? Nem o Universo é suficiente para conter seu ser, muito menos este templo que construí.” (2 Crônicas 6:18)
É importante ressaltar que o sábio Salomão, mesmo após ter construído o templo, e ter o desejo de fazê-lo a habitação do Senhor, ainda assim sabia que o templo não seria a "casa de Deus":
“Ouve teu povo Israel quando ele orar neste lugar. Ouve da tua habitação no céu e, quando ouvir, perdoa.” (2 Crônicas 6:21)
Percebe? A "casa de Deus" na verdade é um título atribuído a um local que de fato não é uma casa para Deus, visto que Ele não habita nela, aliás, e que se nem o universo pode conter esse Deus grandioso, muito menos um templo, por maior e mais majestoso que seja.
O templo foi construído, de forma majestosa, nos tempos do Antigo Testamento, com um propósito bem definido para aquela época, uma época em que metais preciosos dos tempos de hoje tornaram-se comuns (2 Crônicas 9:27). E ele foi construído em homenagem a Deus, que tornou-se conhecido por causa do templo, do povo de Israel e de Jerusalém (2 Crônicas 6:8). Percebe o propósito?
Naquela ocasião os povos iam até o povo de Deus para conhecê-Lo. O templo era uma grande referência para tal. (2 Crônicas 6:32)
Hoje, o título "casa de Deus" infelizmente é usado em grande parte por conveniência (e não por direito ou fato), dessa vez referindo-se a templos (igrejas) completamente diferentes do templo para o qual foi-lhe atribuído o título, que tinha propósitos totalmente diferentes, ministérios bem diferentes, em um contexto bem oposto ao contexto atual. Desta vez, não para homenagear ao Todo-Poderoso, mas para, entre outras coisas, exigir reverência dos frequentadores, tentar justificar gastos grandiosos e consequentemente apelar por ofertas bem generosas (usadas como chantagem e barganha por muitos), e acabar servindo meramente para o conforto dos frequentadores e atrair congratulações e homenagens aos líderes da igreja.
Obviamente, são templos diferentes, assim, não deveriam ser tratados como iguais, inclusive no uso do título "casa de Deus" atribuído a apenas um deles, o do Antigo Testamento.
Em nosso tempo é o povo de Deus que deve ir até os povos para apresentar o Evangelho Eterno (Mateus 28:19), e não esperar que venham até ele, e assim dar a oportunidade para que outros conheçam a Deus. Dessa forma, o templo (igreja) não é e nem deveria ser o centro dessa estratégia.
Tempos diferentes, estratégias diferentes, pois obviamente os templos são diferentes.
Não são à toa as repetidas mensagens na Palavra de Deus, de que Ele não habita em templos construídos por mãos humanas (Atos 17:24).
Percebeu? Houve um templo. Ele não é o templo das igrejas atuais. E elas não são a "casa de Deus".
Obs.: obviamente, isso não impede de você reunir-se em uma igreja. Mas deveria fazer você entender que ela não é a casa ou a habitação do Eterno. ;)
#LeiaaBíblia e não se confunda e nem seja enganado!

(Henderson Rogers)